A falta de credibilidade internacional do Presidente Bolsonaro

O isolamento do Brasil se mostra cada vez mais nítido na política internacional.


Por Mariana Miretzki*


Crédito: FILIPPO MONTEFORTE / AFP (editada)



O presidente Bolsonaro (sem partido) em sua viagem para a Itália, foi com o intuito de participar da reunião do G20, grupo composto pelas 19 maiores economias do mundo e União Europeia, que ocorreu no último final de semana de Outubro. Bolsonaro possuía a agenda em branco, não havendo reuniões para comparecer, ou pretensão de acordos bilaterais, este vem se repetindo em suas viagens internacionais, uma vez que Bolsonaro não consegue avançar nas discussões e criações de acordos.


Na reunião com os líderes do G20, o isolamento da política internacional brasileira vem mostrando vários sinais, uma vez que não conseguia atrair os ouvidos e iniciar discussões com os demais presidentes, Bolsonaro trocou palavras com garçons e teve breve conversa com o contraditório presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdoğan. Mais tarde, com o presidente da Argentina, Alberto Fernández, onde afirmou que a economia e seu apoio popular no Brasil estão fortes, porém uma pesquisa feita pelo DataFolha publicada em setembro demonstrou que 59% dos entrevistados não votariam em Bolsonaro. O mesmo chegou a fazer piadas sobre as acusações em Haia, mas o diálogo não durou muito e logo o representante do Brasil se encontrava sozinho novamente e nitidamente desconfortável.


Enquanto os demais representantes realizavam entrevistas e tinham outros compromissos, o presidente optou por não comparecer, decidiu se encontrar com seus apoiadores, onde acabou se deparando com jornalistas. Entre eles estava presente o repórter do UOL, que capturou imagens em que seguranças agrediram jornalistas que estavam questionando os motivos do presidente da falta de presença nos demais eventos. Também houveram protestos contra o governante ao redor da embaixada brasileira, os manifestantes gritavam em protesto, ao mesmo tempo que apoiadores do atual governante se aproximaram elogiando o governo, mas, dessa vez, Bolsonaro não se reuniu com os eleitores como pretendia. Todavia não foi o único a sofrer vaias, já que o Ministro da Economia também foi motivo de comoção nas proximidades da embaixada.


Após retornar ao Brasil, Jair Bolsonaro nega que ficou isolado, em seu discurso ele erra o nome e o cargo do líder italiano do partido de ultradireita com quem diz ter tido uma aproximação.

As polêmicas e o isolamento brasileiro já haviam ocorrido em sua ida a Nova York em setembro deste ano, em que o Bolsonaro não pode realizar refeições com os demais por não estar vacinado, defendeu o tratamento precoce sem eficácia científica comprovada, além do fato de integrantes da comitiva terem contraído o vírus da Covid. O próprio prefeito nova iorquino marcou Bolsonaro em uma publicação com locais de vacinação e assim como na Itália, Nova York teve manifestações contra o presidente. Outros Estados como Reino Unido, França, Espanha, Portugal e Alemanha também registraram descontentamento com o atual governo brasileiro através de protestos e críticas.


Na conferência do clima, COP-26, há a ausência tanto do Presidente como do Vice-Presidente, mesmo que a comitiva do Brasil seja a segunda maior do evento. Hamilton Mourão afirma que: “Sabe que o presidente Bolsonaro sofre uma série de críticas. Então, ele vai chegar em um lugar em que todo mundo vai jogar pedra nele.” Enfatizando que não está sendo bem visto internacionalmente, portanto enviou um vídeo aos organizadores do encontro, que disse não ter participado por questões de agenda e mais tarde comentou críticas à única indigena brasileira que discursou presencialmente na conferência. A COP-26 também contou com a presença de ativistas usando máscaras de rostos de líderes de todo o mundo, inclusive o de Jair Bolsonaro, usando roupas que remetem à série sul-coreana “Squid Game”, como forma de expressar seu descontentamento com atuais governos de todo o mundo.



*Aluna do segundo período diurno do curso de Relações Internacionais da Universidade Positivo.


REFERÊNCIAS:


AMARAL, Iracema. Estado de Minas. Bolsonaro deixa a Itália com líderes até da ultradireita criticando o evento. Disponível em: https://www.em.com.br/app/noticia/politica/2021/11/03/interna_politica,1319465/bolsonaro-deixa-a-italia-com-lideres-ate-da-ultradireita-criticando-evento.shtml. Acesso em: 04 de nov. 2021


CHADE, Jamil. UOL. Sem atenção de líderes, Bolsonaro fica deslocado no G20. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/colunas/jamil-chade/2021/10/31/um-presidente-fora-de-lugar.htm?cmpid=copiaecola. Acesso em: 04 nov. 2021.


MAGENTA, Matheus. BBC. G20: isolado, Bolsonaro tem agenda esvaziada e é ironizado pela imprensa italiana. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-59106310. Acesso em: 03 de nov. 2021.


G1. Bolsonaro hostiliza repórteres em Roma, e segurança agride jornalistas. Disponível em: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/10/31/bolsonaro-hostiliza-repoteres-em-roma-e-seguranca-agride-jornalistas.ghtml?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=g1. Acesso em: 03 nov. 2021.


G1. 8 fatos que marcaram a viagem de Bolsonaro a Nova York. Disponível em: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/09/21/fatos-que-marcaram-a-viagem-de-bolsonaro-a-nova-york.ghtml. Acesso em 03 nov. 2021.


Gov.Br. Em discurso na reunião de abertura do G20, Presidente Jair Bolsonaro ressaltou superação da crise sanitária com melhora nos fluxos de comércio entre os países. Disponível em: https://www.gov.br/planalto/pt-br/acompanhe-o-planalto/noticias/2021/10/em-discurso-na-reuniao-de-abertura-do-g20-presidente-jair-bolsonaro-ressaltou-superacao-da-crise-sanitaria-com-melhora-nos-fluxos-de-comercio-entre-os-paises. Acesso em: 04 nov. 2021.


G1. Reino Unido, França, Espanha, Portugal, Alemanha e Áustria têm manifestações contra Bolsonaro. Disponível em: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/10/02/reino-unido-franca-espanha-portugal-alemanha-e-austria-tem-manifestacoes-contra-bolsonaro.ghtml. Acesso em 03 nov. 2021.

G1. COP26: manifestantes fazem protesto com máscaras de presidentes e com fantasia de Round 6. Disponível em: https://g1.globo.com/natureza/cop-26/noticia/2021/11/02/cop26-manifestantes-fazem-protesto-com-mascaras-de-presidentes-com-fantasia-de-round-6-veja-imagens.ghtml. Acesso em 04 de nov. 2021