Contradições nas eleições legislativas da Rússia

Partido de Vladimir Putin é apontado como favorito, segundo resultados parciais, após reprimir a oposição.


Por Leticia Cunha*


Crédito: Reuters / Sergey Pivovarov (editada)


Desde o estabelecimento da República Federativa da Rússia, em 1991, o Estado passou por sete eleições presidenciais e parlamentares, quatro delas tendo sido vencidas pelo atual presidente Vladimir Putin. Com as próximas eleições para Chefe de Estado somente em 2024, o apoio ao governo de Putin vem sendo colocado a prova com as eleições legislativas, marcadas pela perseguição e acusações de fraude.


Em abril de 2021, o presidente russo sancionou uma lei que o permite concorrer a mais dois mandatos, podendo ficar no poder até 2036. Além disso, em setembro deste ano, ocorreu a votação para representantes legislativos, que busca eleger os membros da Duma, equivalente à Câmara dos Deputados no Brasil. Em resultados parciais divulgados em 20 de setembro, o Rússia Unida, partido autoproclamado centrista conservador e que apoia Vladimir Putin, assume a liderança da contagem de votos. O Partido Comunista e o Partido Liberal Democrático aparecem logo em seguida.


As eleições legislativas são importantes pois Putin necessita que os parlamentares eleitos sigam defendendo suas políticas, para que ele tenha o final de seu quarto mandato estável e aumente suas chances de vencer uma possível reeleição. A crise econômica que o país vem enfrentando há alguns anos, somada à crise sanitária em decorrência da COVID-19, torna esse apoio parlamentar ainda mais necessário.


Contudo, os resultados positivos nas urnas não foram resultados de um grande apoio popular. Na realidade, a aprovação do partido Rússia Unida decaiu muito nos últimos anos, e a solução tomada pelo governo foi a repressão. O Kremlim, sede do governo russo, decidiu vetar diversos opositores de participarem das disputas, para aumentar suas chances de vitória.


Mesmo a repressão não foi o suficiente para calar a oposição, que tem feito acusações de fraude em relação aos votos eletrônicos realizados em Moscou. A Comissão Eleitoral de Moscou, no dia 22 de setembro, negou o pedido de recontagem, mas afirmou que realizaria uma auditoria sobre o processo dos votos eletrônicos. Essa foi a primeira vez que a Rússia usufruiu de meios eletrônicos para uma eleição, e as acusações incluem o preenchimento irregular das urnas e eleitores votando mais de uma vez. Os partidos opositores vêm organizando mobilizações, se recusando a aceitar os votos on-line.


A contagem final dos votos e as investigações de fraude ainda não foram concluídas, mas, ao que tudo indica, o partido governista russo seguirá sendo maioria no parlamento. Isso deixa o caminho livre para que o presidente Vladmir Putin, que já soma cerca de 20 anos no poder, consiga concorrer e, até mesmo, ganhar as eleições em 2024, conquistando mais um mandato de seis anos.


*Aluna do segundo período noturno no curso de Relações Internacionais da Universidade Positivo (2021).


REFERÊNCIAS:


BRASIL, CNN. Putin assina lei que lhe permite concorrer a mais dois mandatos no Kremlin. 2021. Disponível em: https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/putin-assina-lei-que-lhe-permite-concorrer-a-mais-dois-mandatos-no-kremlin/. Acesso em: 06 out. 2021.


G1. Vladimir Putin, da Rússia, sanciona lei que o autoriza disputar mais dois mandatos. 2021. Disponível em: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/04/05/vladimir-putin-da-russia-sanciona-lei-que-o-autoriza-disputar-mais-dois-mandatos.ghtml. Acesso em: 06 out. 2021.


ONTIVEROS, Eva. Vladimir Putin: a votação que pode deixar presidente chegar a 36 anos no poder na Rússia. 2020. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-53168974. Acesso em: 06 out. 2021.


PODER360. Partido de Putin vence eleição legislativa na Rússia. 2021. Disponível em: https://www.poder360.com.br/internacional/partido-governista-vence-eleicao-legislativa-na-russia/. Acesso em: 06 out. 2021.


SAHUQUILLO, Maria R. Rússia tenta calar acusações de fraude eleitoral com uma revisão do voto eletrônico em Moscou. 2021. Disponível em: https://brasil.elpais.com/internacional/2021-09-23/russia-tenta-calar-acusacoes-de-fraude-eleitoral-com-uma-revisao-do-voto-eletronico-em-moscou.html. Acesso em: 06 out. 2021.


SILVA, Jefferson. Entenda como funciona o sistema político da Rússia. 2019. Disponível em: https://guiadoestudante.abril.com.br/blog/atualidades-vestibular/entenda-como-funciona-o-sistema-politico-da-russia/. Acesso em: 06 out. 2021.


ULLAH, Zahra. Eleições na Rússia: governistas saem na frente e fraudes são investigadas. 2021. Disponível em: https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/eleicoes-na-russia-governistas-saem-na-frente-e-fraudes-sao-investigadas/. Acesso em: 06 out. 2021.